De Novo Não
Voltar 02 de Junho de 2020

DIU Kyleena – Chega ao Brasil o novo contraceptivo de longa ação com menor dose hormonal disponível no mercado


DIU Kyleena – Chega ao Brasil o novo contraceptivo de longa ação com menor dose hormonal disponível no mercado
  • Kyleena é um dispositivo intrauterino reversível indicado para mulheres que desejam uma contracepção segura e eficaz com pouca quantidade de hormônios
  • A novidade é ideal para mulheres que desejam um contraceptivo altamente eficaz, com menor dose hormonal e praticidade
  • Tanto o novo DIU como sua colocação são cobertos pelos planos de saúde.

 

Há 60 anos era lançada a primeira pílula anticoncepcional, que chegou para revolucionar a vida de milhares de mulheres ao redor do mundo, tornando possível o planejamento familiar e, como consequência, o aumento da participação delas no mercado de trabalho e do empoderamento feminino. Porém, ao longo desses anos, novos métodos foram surgindo para atender aos diferentes perfis de mulheres. Agora, para marcar essa evolução, chega ao mercado o Kyleena, nova opção de método de longa ação, com um tamanho menor em comparação aos demais tipos existentes e com eficácia comprovada na prevenção da gravidez por até cinco anos.

Assim como os demais dispositivos intrauterinos, conhecidos como DIUs, o novo método tem formato de “T” e é inserido no útero, onde libera diariamente uma pequena quantidade de levonorgestrel, um hormônio que tem como efeito o espessamento do muco cervical, impedindo a progressão dos espermatozoides na cavidade uterina e consequentemente a fecundação dos óvulos.

“O que difere Kyleena da outra opção de DIU hormonal, o Mirena®, já conhecido por muitas mulheres, é que, além de ter um tamanho menor, possibilitando maior conforto na colocação, libera menos hormônios. Ele é ideal para todas as mulheres que buscam contracepção de longa ação, com desejo de redução do número de dias de sangramento, mas não desejando abolir a menstruação. Ele é um DIU menor e mais fino, por isto sua inserção é mais fácil e menos dolorosa, explica a ginecologista Carolina Sales, Professora Associada do Departamento de Ginecologia e Obstetrícia da FMRP-USP.

A médica destaca que “os métodos de longa ação – DIU hormonal, DIU de cobre e implante hormonal – são uma alternativa para as mulheres que costumam esquecer de tomar a pílula diariamente e no mesmo horário, o que pode comprometer a eficácia, e querem conquistar a liberdade de não ter esta preocupação por alguns anos. Estudos mostram, inclusive, que por não dependerem da ação das pacientes, esses métodos são vinte vezes mais eficazes do que os de curta duração”.

Eles são indicados também para aquelas que não pretendem engravidar num curto a médio prazo, já que apresentam eficácia em prevenir a gravidez por um período prolongado, de até 3, 5 ou 10 anos. Além disso, esses contraceptivos são reversíveis – ou seja, ao parar de usá-los, é possível engravidar tão rápido quanto outras mulheres que não utilizavam nenhum método previamente.

Em paralelo, diante de um cenário que mostra taxas cada vez maiores de gravidez na adolescência, especialmente na América Latina e Caribe - segundo a Organização das Nações Unidas, essa é a sub-região com a segunda maior taxa de gravidez adolescente no mundo, e dentro dessa região, a taxa do Brasil é mais alta que a média – os métodos de longa ação também deveriam ser uma das primeiras opções a serem discutidas jovens, já que nessa fase a gravidez não deve acontecer em um curto prazo.

Além dos benefícios de eficácia, conforto e segurança, há também um impacto financeiro importante, já que as mulheres não precisariam gastar todo mês com um método de curto prazo - tanto o DIU hormonal como o de cobre são cobertos pelos planos de saúde, e o DIU de cobre está disponível também no Sistema Único de Saúde (SUS)“, ressalta a médica. O novo dispositivo, Kyleena, também entra no rol da Agência Nacional de Saúde Suplementar (ANS) – ou seja, todos os planos de saúde devem cobrir tanto o produto assim como sua colocação.

De forma geral, a novidade representa uma nova opção para mulheres de diferentes perfis e idades, que buscam prevenir a gravidez, mas sem parar de menstruar. “A Bayer, além de ser reconhecida por seu pioneirismo na área de Saúde Feminina e mais especificamente em contraceptivos, reforça agora seu compromisso também com a inovação, com o objetivo de proporcionar cada vez mais liberdade de escolha para as mulheres que estão em diferentes fases da vida e que desejam fazer o seu planejamento de forma adequada e segura”, afirma Flavia Passoni, gerente de produto da Bayer.

 

Fonte: Bayer Brasil

Disponível em: https://www.bayer.com.br/midia/noticias/visualiza-noticia.php?codNoticia=chega-ao-brasil-novo-contraceptivo-de-longa-acao-com-menor-dose-hormonal-disponivel-no-mercado